Região Sudeste

MAB reafirmou que unidade entre a classe trabalhadora dará o tom do Encontro

Projeto que cria a PEABE foi aprovado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa. A proposta só foi votada porque as famílias ocuparam a sala de votação e os corredores do prédio.

Durante o evento, MAB fará o pré-lançamento do filme “Arpilleras: atingidas por barragens bordando a resistência”

Atingidos acampados na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) exigem que deputados aprovem na CCJ a política que garante direitos dos atingidos por barragens em Minas Gerais


“É necessário fazer uma Arpillera que mostre a união, a organização e os direitos conquistados pelas mulheres atingidas que permanecem em luta.”

Vergonhosamente, esta decisão é a única resposta que a Justiça consegue dar aos atingidos e a toda sociedade brasileira 21 meses depois do crime.

Depois de mobilização organizada pelo MAB, Samarco pagará adiantamento de indenização e cartão subsistência, além de reformar as casas dos atingidos.

Desde o rompimento da Barragem de Fundão, de propriedade da Samarco Mineração S.A (Vale\BHP Billiton), em Bento Rodrigues, distrito de Mariana-MG, a Arquidiocese de Mariana tem se colocado ao lado dos atingidos e atingidas, motivando sua união e perseverança em sua organização e nas negociações coletivas a fim de terem garantidos seus direitos. Tem apoiado também iniciativas quem visem levar informação às famílias atingidas e ajudá-las a se organizarem na sua luta por justiça.

Sucessão de erros, atrasos e enrolação é tática da Samarco para negar direitos em Mariana e gastar menos com os atingidos.