Uma das responsabilidades assumidas pelo MAB em nossa luta é a garantia do direito dos atingidos e atingidas por barragens de produzir alimentos saudáveis e energia. Por isso temos dedicado esforços para a construção de hortas livre de agrotóxicos com produção de pequenos animais (PAIS - Produção agroecológica Integrada e Sustentável), cisternas de captação de água da chuva, construção e instalação de placas de aquecimento solar de água e diversas outras ações que fortaleçam a capacidade produtiva das famílias atingidas por barragens.

Produção

Atingidos pela barragem de Castanhão, no Ceará, mostram a produção em seus reassentamentos.

Na tarde de ontem (1/7), em Brasília, o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), o Ministério do Desenvolvimento Social e a CONAB assinaram um termo de parceria para a realização de cursos e encontros em todo o Brasil. Estas atividades têm como objetivo incentivar a produção de alimentos em regiões atingidas por barragens. Para isso, conta com o desenvolvimento do Programa de Aquisição de Alimentos – PAA.

De 28/6 a 01/7, cerca de 45 lideranças do MAB (Movimento dos Atingidos por Barragens), vindos de 13 estados,  estarão participando de um curso promovido pela CONAB (Companhia Nacional de Abastecimento), em Brasília. O objetivo principal  é incrementar e organizar a produção de alimentos das famílias. Entre os participantes estão os ameaçados pela construção das barragem, pescadores, reassentados, quilombolas e ribeirinhos.

Os agricultores atingidos por barragens da bacia do Rio Uruguai, organizados no MAB (Movimento dos Atingidos Por Barragens), em parceria com a entidade norte americana Heifer Internacional estão implantando experiências de uma nova tecnologia de produção de alimentos. As três primeiras hortas em forma de mandala estão sendo implantadas através de mutirões, nos reassentamentos de Laranjeira, em Capão Alto (SC); São Sebastião, em Esmeralda (RS); e Primeira Conquista, em Barracão (RS).

O Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) estará realizando de 09 a 11 de dezembro, em Vacaria RS, um curso de capacitação para o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). O curso contará com participação de técnicos, agricultores e agricultoras do Movimento e com a assessoria de Gimino Bonfim, representando a Companhia Nacional de Abastecimento no Rio Grande do Sul.