Audio

You are missing some Flash content that should appear here! Perhaps your browser cannot display it, or maybe it did not initialize correctly.

You are missing some Flash content that should appear here! Perhaps your browser cannot display it, or maybe it did not initialize correctly.

You are missing some Flash content that should appear here! Perhaps your browser cannot display it, or maybe it did not initialize correctly.

Esta é a conclusão de representantes de diferentes setores da energia em debate feito sobre o tema no Encontro Nacional do MAB

O ministro Gilberto Carvalho, da Secretaria Geral da Presidência da República, afirmou que a política nacional de direitos para os atingidos por barragens será assinada ainda neste ano. A afirmação foi feita na tarde desta terça-feira (3) durante o Encontro Nacional do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), que reúne mais de 3 mil pessoas em São Paulo.

Cleonira dos Santos, militante do MAB, conta sua história e aponta os impactos da construção das barragens na vida das pessoas atingidas.

“Nosso principal inimigo é o imperialismo”. Esta afirmação perpassou todas as falas da mesa de análise de conjuntura deste segundo dia do Encontro Nacional do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), que reúne cerca de dois mil e quinhentos atingidos entre 2 e 5 de setembro em Cotia (SP).

O espaço da manhã desta terça-feira (03) analisou a correlação de forças no atual cenário nacional e internacional, além das possibilidades de resistências da classe trabalhadora, movimentos sociais e, especificamente, do MAB.

encontro2013