MAB inaugura mais uma unidade PAIS em Rondônia

 

As famílias do assentamento Joana Darc inauguram a primeira unidade PAIS (Produção Agroecológica Integrada e Sustentável) desta região, atingida pelas barragens de Santo Antônio e Jirau.

Entre os dias 24 e 27 de maio ocorreu o encontro entre as famílias dos grupos de base do MAB beneficiárias do PAIS do assentamento Joana Darc com famílias do reassentamento Morrinhos, área também atingidas pelas barragens de Santo Antônio e Jirau, e do distrito de Triunfo, região atingida pela usina de Samuel.

O PAIS consiste em uma horta circular com um galinheiro no centro e um pomar em torno. Com ele se produz hortaliças, frangos, ovos e frutas sem utilização de agrotóxicos e adubos químicos. A irrigação é feita por gotejamento, que utiliza a água de forma econômica e eficiente. As hortas estão sendo construídas em todo o Brasil através de uma parceria do MAB com a Fundação Banco do Brasil.

O primeiro dia de estudo teve como tema central a Agroecologia e o uso de venenos, com a contribuição do companheiro do MST de Rondônia, Lucimar Monteiro da Costa. O companheiro coordenou uma atividade prática de produção de biofertilizantes e biofertilização dos canteiros da horta.

No segundo dia, a família de Pedro e Elvira, militantes do MAB e beneficiários do PAIS, recebeu o multirão com 30 participantes que foi finalizado em apenas um dia e meio de trabalho coletivo.

O ato político de inauguração contou com a presença das famílias dos Grupos de Base do Joana Darc e do secretário da Secretaria Municipal da Agricultura de Porto Velho (SEMAGRIC).

A unidade PAIS construída no Joana Darc é a terceira implementada no estado pelo MAB e a primeira das 26 unidades PAIS conquistadas para o assentamento que serão construídas em mutirão pelas famílias dos grupos de base do MAB.

Veja as fotografias:

chapeu de palha