MAB participa do Fórum Social Pan Amazônico

O VIII Fórum Social Pan Amazônico (FSPA) aconteceu na cidade de Tarapoto, no Peru, entre os 28 de abril e 1 de maio com os temas: Territorialidad e Pueblos Amazónicos – Andinos; Cuidado de losbienes de la Naturaleza e Propuestas alternativas y procesos de resistencia al modelo de desarrollo capitalista.

O Fórum Social Pan Amazônico foi criado com o objetivo de articular os movimentos sociais, comunidades tradicionais e povos dos nove países da Bacia Amazônica (Brasil, Equador, Venezuela, Bolívia, República Cooperativa da Guiana, Suriname, Colômbia, Peru e Guiana Francesa).

O Fórum também tem como objetivo aproximar culturas, quebrar o isolamento das lutas de resistência, fortalecer o combate anti-imperialista, desenvolver a autonomia dos povos, promover a justiça social e ambiental, se opor aos modelos de desenvolvimento predatórios e nocivos aos povos que vivem na Pan-Amazônia, além de discutir alternativas para a construção e promoção da justiça e igualdade social.

O MAB participou com dois integrantes da coordenação nacional e foi uma das organizações que articulou um ato, durante o evento, intitulado "Fora Temer", contra o atual presidente golpista.  

Até hoje já foram realizados sete edições do Fórum Social Pan Amazônico: Belém/Brasil (2002 e 2003); Ciudad Guayana/Venezuela (2004); Manaus/Brasil (2005); Santarém/Brasil (2010); Cobija/Bolívia (2012); Macapá/Amapá (2014).

Segue a carta final: