Água

A polícia militar deteve injustamente o militante do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) Fabiano Vitoriano durante protesto na câmara municipal de Altamira. Os movimentos sociais estavam protestando contra projeto que prevê a privatização do serviço de água e esgoto na manhã desta terça-feira (15 de setembro).

São Paulo – Em ato carregado de ironia, manifestantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) simularam uma "dança da chuva" em frente a sede da Sabesp, na tarde de ontem (25). O ato incluiu um "pedido" para que o santo católico São Pedro auxilie a empresa e o governador Geraldo Alckmin (PSDB) a garantir o fornecimento de água ao estado.

O Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) e o Sindicato dos Urbanitários de Marabá fizeram um protesto na quinta-feira da semana passada para denunciar o repasse da concessão dos serviços de água e esgoto sanitário de Marabá à iniciativa privada. A prefeitura do município quer privatizar o serviço, retirando a concessão da Cosanpa (estatal).

Foto: Carlo Dojmi Di Delupis/Re:Common

Na quinta e sexta-feira (21 e 22 de agosto), o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) participou de uma mesa de discussão sobre a financeirização da água, no marco da Universidade Europeia de Verão dos Movimentos Sociais, localizada em Paris, capital francesa. 

Você ainda não percebeu a falta de água em São Paulo?

Talvez, porque não more na periferia da cidade ou então não esteja tomando banho com muita frequência. Mas muito em breve, certamente vai perceber.

 Imagem da internet

Seminario Internacional no País Vasco denuncia as distintas ameaças à agua e suas comunidades ao redor do mundo

Para o militante do MAB, a água ali tem dono, e o dono é o agronegócio   

O Perímetro Irrigado do Gorutuba é um empreendimento da Codevasf, gerido pelo Distrito de Irrigação do Gorutuba em parceria com o governo de Minas. Seu principal objetivo é o desenvolvimento da região, com ênfase na fruticultura irrigada e fortalecimento dos pequenos e médios produtores.       

Está em andamento a privatização da água nas principais cidades do Brasil, especialmente nos municípios acima de 50 mil habitantes. Petrolina, com cerca de 305 mil habitantes, considerada uma cidade pólo no estado de Pernambuco pela sua geopolítica, vivencia esta investida de privatização da água.

Atingidos por barragens e trabalhadores dos setores da energia e do saneamento realizaram hoje o seminário "Panorama Político sobre água e energia" no Ministério Público Estadual, em Porto Velho. A atividade, construída pela Plataforma Operária e Camponesa, integra a mobilização nacional do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) pelo Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado ontem.